Voltar

Perguntei ao espírito o que o espantava mais no comportamento humano, e o espírito respondeu:

"-Que eles se aborrecem de ser crianças, de estarem sempre com pressa para crescer, e depois desejarem que fossem crianças de novo.
-Que eles percam a saúde para fazer dinheiro e depois que percam o seu dinheiro para restabelecer a sua saúde.
-Que ao pensar com ansiedade acerca do futuro, eles esquecam o presente, o que faz com que vivem nem para o futuro nem para o presente.
-Que eles vivam como se nunca fossem morrer, e que morram como se nunca tivessem vivido."


Onde está Neptuno?

Gestão do tempo
Um consultor especialista da gestão do tempo, surpreendeu a platéia e colocou um frasco de boca larga e um punhado de pedras na mesa. Perguntou: "Quantas pedras vocês acham que cabem neste frasco?"
Após algumas conjecturas dos presentes, o consultor começou a encher o frasco com pedras até acima. Perguntou então: "Está cheio?"
Todos olharam para o frasco e disseram que sim. O consultor pós um punhado de pedras bem mais pequenas sobre a mesa e colocou parte das pedras no frasco sobre as pedras já presentes e ajitou o frasco. As pedrainhas penetraram nos espaços entre as pedras maiores.
Perguntou novamente com um sorriso irónico: "E agora, está cheio?"
Os ouvintes hesitaram e disseram: "Talvez não..."
Muito bem, respondeu o consultor, colocando sobre a mesa um punhado de areia com o qual começou a encher os espaços deixados pelas pedrinhas no frasco.
"está cheio?" - perguntou de novo. "Não!" - exclamaram os ouvintes.
O consultor pegou então num jarro de água e começou a encher o frasco que absorvia a água, sem transbordar. "Bom, o que acabamos de demonstrar?" - perguntou.
Um dos ouvintes respondeu: "Que não importa o quanto a nossa agenda está cheia, há sempre um espacinho para mais compromissos!"
- "Não, o que esta lição nos ensina é que se não colocarmos as pedras grandes primeiro, nunca seremos capazes de as colocar depois. E quais são as pedras grandes da nossa vida? São os nossos filhos, a família, os amigos, os que amamos, os nossos sonhos, a nossa saúde. O resto é resto e encontrará o seu lugar".

Sumário do mundo:
Se a população mundial fosse reduzida à população de uma aldeia de precisamente 100 pessoas, com todas as diferentes social proporções, sendo preservadas, Seria assim: Haveria 57 Asiáticos, 21 Europeus, 14 do Hemisfério Oeste, incluindo a América do Norte e do Sul, e 8 de África. 51 seriam mulheres, e 49 seriam basens. 70 seriam não-brancos, enquanto 30 seriam brancos.
66 seriam nã-Cristãos e 33 Cristãos. 80 viveriam em casas de condições inferior. 70 seriam analfabetos.
Metade da aldeia's wealth estaria nas mãos de 6 pessoas, e todos esses 6 seriam Cidadões dos EUA.
Metade sofriria de má nutrição. 1 estaria prestes a morrer, e 1 estaria prestes a nascer.
Só um teria educaçã superior. Só um teria computador.
Quando consideramos nosso mundo de uma perspectiva tão incrívelmente condensada, ambas as necessidades de tolerância e compreensão, ficam muito aparente.
(créditos vão para o autor, quem quer que seja - ano 2000)

Fixa o ponto central e aproxima-te.

Qual dos círculos centrais é o maior?

Quantas caras consegue ver?

Se consguir ver 10, está correcto (Ronet)